Cabeamento Estruturado

O Sistema de Cabeamento Estruturado

 

Resumo:


O sistema de cabeamento estruturado é capaz de prover tráfego de gêneros de informação diferenciados dentro de um mesmo sistema de rede, levando até o usuário serviços de dados, voz, imagem, telefone, interfone, sistemas de monitoramento, alarmes, circuitos de TV, automação etc, num único sistema de administração centralizada.

Todas essas escolhas podem ser feitas por meio da manobra de cabos nos pontos de distribuição, sem que seja necessária qualquer alteração no cabeamento horizontal já instalado. O sistema é genérico e se adapta a qualquer plataforma de topologia de rede ou características de algum fabricante, e por isso é planejado dentro de estritas normas técnicas que devem ser obedecidas em projeto.

Vantagens desse sistema:

  • Suporte a diversos padrões de comunicação através de meio físico padronizado;
  • Permitir Flexibilidade na mudança de layout através de interface de conexão padronizada;
  • Possuir Arquitetura aberta (Conectividade entre produtos de diversos fabricantes);
  • Aderência às normas nacionais e internacionais;
  • Localização fácil de um cabo no sistema devido a identificação em todo o canal;
  • Facilidade na manutenção de uma área de trabalho;
  • Facilidade na substituição de um ativo de rede caso seja necessário, devido a ordenação dos cabos;
  • Documentação técnica que permite que uma nova implantação ou alteração seja realizada por um profissional, que não tenha atuado na implantação inicial.

 

Normatização no Brasil

  • ABNT/COBEI;
  • Associação Brasileira de Normas Técnicas, através de seus comitês desenvolveu uma normalização de sistemas de cabeamento estruturado para uso em todo o território nacional, baseada em regulamentações Internacionais ABNT NBR 14565.
     

Normatização nos EUA

  • TIA (Telecommunications Industrie Association);
  • EIA (Electronics Industry Alliance);
  • ANSI (American National Standard Industrie);
  • Aderência às Normas Nacionais e Internacionais;
  • IEEE (Institute of Electrical and Eletronics Enginners);
  • Revisadas, aceitas ou modificadas por organizações universais como: ANSI, CSA e ISO.